ZÉ ELOI NETO

ZÉ ELOI NETO

Z•E•N

A secretaria municipal de Saúde anuncia para a sexta-feira (03) a aplicação da segunda dose Oxford para todas as pessoas que não vacinaram a 2ª dose marcada no cartão até essa data. 

Outro grupo imunizado será os profissionais de Educação Física marcados para o dia 6 mas antecipado para dia 3 de setembro.

A vacinação acontece das 15 às 19 horas, na Policlínica.

Z•E•N

É grande a possibilidade da advogada e primeira suplente do PL, Neusa Mendes assumir (1) cargo de relevância no Palácio dos Leões ou (2) a cadeira de Natanael Diniz na Casa de Leis rangeliana... 

Nos bastidores do poder rangeliano, está cada vez mais forte o rumor, o buxixo, o disse-me-disse que o professor Natanael será nomeado secretário municipal de Educação em breve. 

Z•E•N

Em Portarias da Corregedoria e Ouvidoria Municipal publicadas nesta quinta (02) no Diário Oficial dos Municípios Mineiros, o GDM arquivou 3 processos administrativos contra servidores; demitiu 2 funcionários municipais; determinou advertência em 2 deles e instaurou 2 novos processos administrativos disciplinares. 

A professora de Geografia Luanara Marysol Seraine Rodrigues, cuja cabeça estava ‘a prêmio’ devido a comentários nas redes sociais contrários ao retorno parcial às aulas municipais, recebeu uma advertência em caráter educativo. 

E viva a democracia!

Z•E•N

Como parte do processo que pretende transformar a Escola Agrotécnica Sérgio de Freitas Pacheco em escola municipal, chegou às mãos da direção da Funcecp uma Ação Ordinária com Pedido Liminar de Reversão de Imóvel movida pela Prefeitura de Patrocínio.

A peça tem 15 páginas, não corre 'em segredo de justiça' e, em síntese, requer todo o espaço - salas de aula e fazenda experimental - onde funciona o educandário, na Chácara das Rosas.

De início, a Ação argumenta que a Escola Agrotécnica foi criada como ‘Escola Municipal de 2o Grau’ e que, em 1985, “o Município doou à FUNCECP um terreno de 205,37,11 há onde hoje funciona a Escola Agrícola bem como a Fazenda Experimental Agrotécnica para o uso e desenvolvimento das atividades agropecuárias da Escola Agrotécnica.”

Mais a frente, observaÇ “Isso porque conforme se sabe, hoje a Escola Agrotécnica encontra-se com uma arrecadação deficitária, tendo apenas treze alunos o que gera à Fundação uma despesa desarrazoada e desproporcional para a sua manutenção com gastos com funcionários, professores, energia, água, telefone, material e suplementos e também com atividades dos próprios alunos.”

“Para tanto, o Município pretende assumir a parte Administrativa e Técnica da Escola Sérgio Pacheco, mantendo suas atividades no prédio onde hoje funciona sua sede, através de cessão de uso gratuito da área.” - diz + um dentre vários parágrafos argumentativos. 

Segundo fontes, a direção da Funcecp, que tem a frente o Reverendo Roberto Brasileiro, já convocou uma reunião extraordinária para discutir o imbróglio...

Z•E•N

Dados atualizados do boletim Covid-19 desta quarta (01.set) mostram que, desde o início da pandemia, 9.458 pessoas foram contaminadas pela doença no município.

 

Na 'média móvel' dos números, o documento mostra apenas 7 novos casos da Covid-19 nas últimas 24h.

 

A cura já chegou a 9.202 pacientes; 12 casos de ontem para hoje. O percentual de cura registrado é de 97,29%. 

 

O número de ‘ativos’ caiu para 26 casos e 20 pacientes estão registrados como ‘suspeitos’.

 

Do início da pandemia até hoje, foram registrados 230 óbitos pela Covid-10 em Patrocínio. 

 

Patrocínio não registra óbito pela Covid-19 há 10 dias, desde o domingo, 22 de agosto.

 

Na Santa Casa, 5 dos 21 leitos existentes na enfermaria estão ocupados. Na UTI Covid-19, 3 dos 10 leitos disponíveis estão ocupados.

 

No Hospital MedCenter, 2 dos 8 leitos disponíveis na enfermaria estão ocupados; Na UTI Covid-19, 1 dos 4 leitos disponíveis está ocupado.

 

No setor de internação do Pronto Socorro Municipal, tanto os 12 leitos da ‘urgência’ quanto os 10 leitos da ‘emergência’ estão desocupados.

Z•E•N

A SESTRAN se prepara para implantar dois semáforos em locais estratégicos da cidade.

Um deles será no cruzamento da Av Faria Pereira com a Rua João Carlos da Silva, a famosa ‘esquina do Colégio Atenas’.

A instalação do equipamento prepara o local - que desde sempre recebe um grande fluxo de veículos nos horários de pico escolar -,  para o retorno presencial das aulas.

Outro ponto que será sinalizado é a esquina da Av Altino Guimarães com a Rua José Feliciano, o também muito conhecido 'o cruzamento do Bretas'. 

O local, que já recebe um grande fluxo de veículos, deve aumentar seu movimento tão logo a construção da Avenida Sanitária - que liga o centro e os bairros São Vicente e Morada Nova ao Enéas -, seja concluída.

Z•E•N

A Câmara Municipal de Uberlândia aprovou nesta quarta (1°), em discussão única, o título de Cidadania Honorária para a artista maranhense Phabullo Rodrigues da Silva, mundialmente conhecida como Pabllo Vittar, uma das mais populares vozes da música pop nacional.

O projeto foi apresentado pela vereadora Dandara, que defendeu os feitos da cantora, uma das vozes mais combatentes na luta por direitos LGBTQIA+, com prêmios conquistados e citações em revistas.

Pra quem não sabe, Pabllo Vittar nasceu em São Luís (MA), mas morou vários anos em Uberlândia, onde começou sua carreira musical e iniciou curso superior de Design de Interiores, na Universidade Federal de Uberlândia (UFU). 

Segundo a vereadora Dandara, Pabllo sempre reivindicou publicamente suas raízes uberlandenses (ou uberlandinas), levando o nome de Uberlândia por onde passa, fazendo jus ao reconhecimento de sua cidadania honorária.

A Deputada Federal Greyce Elias representando Patrocínio e região, a convite do Presidente da Comissão de Agropecuária e Agroindústria, Deputado Estadual, Heli Grilo, participou de Audiência Pública para debater impactos dos recursos hídricos na piscicultura, especialmente nos rios de Quebra Anzol, Araguari e afluentes. 

Na oportunidade, a Deputada reafirmou estar atenta a essa demanda e solicitou uma união de esforços para que se construa de fato uma solução efetiva e permanente sobre o baixo nível dos rios, a dependência diante do sério quadro hídrico atual em todo país, o fator energético, políticas de recomposição de nascentes, pois além do impacto ambiental, existe o impacto social e econômico. 

“Precisamos dialogar, para que possamos dar uma resposta e atender a nossa sociedade, inclusive para os piscicultores,  empresários do turismo, nossos produtores e todos que sofrem com a baixa do nível dos nossos rios e represas. Precisamos garantir o múltiplo uso das águas.” defendeu Greyce Elias.

Os reservatórios de usinas hidrelétricas em Minas Gerais registram os piores índices dos últimos anos e colocam em risco importantes cadeias da economia. O baixo volume é reflexo do menor nível de chuvas dos últimos 91 anos. 

Ao todo, cerca de 15 milhões de tilápias criadas hoje no lago de Nova Ponte, que garantem a economia local, correm risco. Um prejuízo estimado de 120 milhões de reais, além do dano para toda a cadeia produtiva.

A estimativa é feita pelo do movimento SOS Represa Nova Ponte, formado por autoridades, políticos, especialistas, empresários, pescadores e moradores da região banhada pelo lago que abastece a usina.

( ASCOM Greyce Elias )

Z•E•N

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou na terça-feira (31) a criação de uma nova bandeira tarifária na conta de luz, chamada de bandeira de escassez hídrica. 

A taxa extra será de R$ 14,20 para cada 100 kilowatt-hora (KWh) consumidos e já entra em vigor a partir desta quarta-feira (1º), permanecendo vigente até abril do ano que vem.

O novo patamar representa um aumento de R$ 4,71, cerca de 50%, em relação à bandeira vermelha patamar 2, até então o maior patamar, no valor R$ 9,49 por 100 kWh.

A decisão foi tomada em meio à crise hidrológica que afeta o nível dos reservatórios das usinas hidrelétricas, principal fonte geradora de energia elétrica no país. 

De acordo com o governo federal, é a pior seca em 91 anos. 

Com as hidrelétricas operando no limite, é preciso aumentar a geração de energia elétrica por meio de usinas termoelétricas, que têm custo mais alto. 

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, garantiu que as medidas são suficientes para garantir a oferta.

Z•E•N

Minas vai receber mais 425.360 doses de vacinas contra a Covid-19 nesta quarta (1º) e quinta-feira (2).

A 45ª remessa entregue pelo Ministério da Saúde é composta por imunizantes da AstraZeneca, CoronaVac e Pfizer. 

As unidades foram divididas em quatro entregas no Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, em Confins, na região metropolitana. 

Na manhã de hoje chegaram 23.840 doses do imunizante produzido no Instituto Butantan.

Um pouco mais tarde, o Estado receberá outras 72.390 vacinas desse mesmo produto. 

Ao final da tarde, chegam outras 133.380 vacinas da Pfizer. Amanhã, serão 195.750 doses da AstraZeneca.

Campanha

Conforme o Vacinômetro, painel da Secretaria de Estado de Saúde (SES) que monitora a imunização, Minas já recebeu do governo federal 23,6 milhões de doses. 

Segundo o levantamento, mais de 13 milhões de pessoas tomaram a primeira dose, enquanto 5,3 milhões receberam o reforço.  

Foram contemplados com a Janssen, que é administrada em dose única, outros 477 mil moradores.

Please publish modules in offcanvas position.